OLHO DE PEIXE: SANTOS X CORINTHIANS/VILA BELMIRO/BRASILEIRÃO 2017

Duas semanas sem ver o Peixe. Tempo o suficiente para sentir saudades e nada melhor do que um clássico contra o grande rival para matar as saudades. Cidade cheia, feriado prolongado, fator esse que provavelmente contribuiu para os ingressos se esgotarem no site e nas bilheterias. O placar anunciou lá seus 12 mil e tantos torcedores, o que nos faz questionar os 20 mil exigidos pela Conmebol e o Santos jurar de pés juntos que o Urbano Caldeira comporta isso. Mas isso é assunto para o Mauro Mac.

Time recebido mais uma vez com festa na Princesa Isabel, não foi um corredor de fogo, mas foi uma recepção calorosa com fumaça, rojões, bandeiras e músicas para empurrar o elenco. Lá dentro, aquele clima meio bunda de entrar no estádio, olhar para o lado e não ter torcida adversária. Amamos odiar nossos rivais e temos que confessar que faz uma falta danada entrar no Portão 17 e não ter aquele tradicional bate boca entre as torcidas, provocações sadias e brincadeiras. Em todo caso, circulava pelo Whatsapp que vários torcedores do time da Marginal s/n, compraram ingressos para assistirem ao clássico na torcida do Santos, à paisana. Não demorou para três deles serem identificados ali no meio do Portão 17, camiseta de surf preta, bermuda clara, os três com uma marra na cara, sem sorrir, sem cantar os versos de “Hey galinha preta!”, sem bater palmas, sem cantar o hino. Vacilaram. Foram cobrados pelos torcedores locais, alegavam ser santistas, mas não cantavam nada “se cantarem o hino podem ficar aqui!”. Não abriram a boca. Um deles chegou a ser agredido, infelizmente. Apesar não terem sido espertos, agressão não justifica. Foram retirados do setor pelos seguranças da Vila Belmiro. Se foram pra outro setor, eu não sei, mas no 17 não ficaram. Um segurança depois me contou que eles assumiram que realmente eram corintianos.

Com a bola rolando vimos o Santos amassar o rival, que é o líder do campeonato. Dois a zero para o Santos, mas poderia ter sido um pouco mais. Saldo negativo ficou por conta da lesão do Gustavo Henrique e Copete. Torcida torceu o nariz quando foi anunciada a troca de Copete por Thiago Ribeiro, perguntei ao Citadini, que passou na minha frente, se tinha sido lesão do colombiano e ele confirmou. Das coisas bacanas da Vila Belmiro é esse contato direto com os jogadores.

Agora é hora de mudar a chave, meio de semana tem Libertadores e na semana que vem, tem o jogo de volta contra o Barcelona. Vai ter corredor de fogo, vai ter festa, vai ter cerveja e vai ter classificação do Santos. Estaremos lá!

Seja sócio do Santos F.C. sociorei.com.br 

Compre somente produtos oficiais do Santos F.C. santosstore.com.br 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s